Sabe o que é Manutenção Centrada na Confiabilidade (MCC) e como ela pode impactar a qualidade da sua gestão de ativos? Confira o post e descubra!

MCC, ou Manutenção Centrada na Confiabilidade, é um conceito da área de manutenção que tem por objetivo otimizar ao máximo os ativos de uma organização, de uma forma que garanta a confiabilidade de equipamentos e sistemas. Mas como ela é aplicada dentro da gestão de ativos?

Neste artigo, vamos detalhar o que significa essa abordagem e de que maneira ela pode aprimorar a tomada de decisões.

O que é Manutenção Centrada na Confiabilidade — MCC?

MCC, também conhecida como Manutenção Centrada na Confiabilidade, é uma abordagem para a manutenção que se concentra na maximização da confiabilidade dos sistemas e equipamentos, ao mesmo tempo em que minimiza os custos.

Essa abordagem é uma estratégia para aumentar a eficiência e minimizar os custos, como a redução de horas de trabalho, a maximização do tempo de disponibilidade, a redução de desperdícios, o aumento da segurança e a melhoria da qualidade.

A MCC abrange uma variedade de técnicas, como o monitoramento e a análise de dados, a avaliação de risco, a gestão de ativos, a manutenção preditiva e a gestão de mudanças.

Essas técnicas podem ser aplicadas de forma proativa para prevenir falhas, reduzir a necessidade de reparos e permitir a manutenção preventiva.

Que tipos de manutenção são fundamentais na MCC?

Existem vários tipos de manutenção fundamentais que são realizados na MCC (Manutenção de Componentes Críticos), incluindo a manutenção preventiva, corretiva, preditiva e de performance.

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva é geralmente realizada em horários programados, com a intenção de evitar ou detectar falhas antes que elas ocorram. Esta prática tem como objetivo garantir que os equipamentos e sistemas funcionem de forma adequada, permitindo que as operações sejam executadas de maneira segura e eficiente.

A manutenção preventiva é realizada de acordo com o plano de manutenção, o que inclui a inspeção, a limpeza, a lubrificação, o ajuste e a substituição das peças. Estas medidas são tomadas regularmente para assegurar que os equipamentos estejam sempre em boas condições de funcionamento e que os eventuais problemas sejam identificados e corrigidos antes que causem maiores danos.

Manutenção corretiva

A manutenção corretiva é uma importante estratégia para garantir a saúde e a segurança dos equipamentos, pois ela é realizada para corrigir falhas que já tenham ocorrido. Ela pode ser usada para identificar e corrigir problemas e defeitos, bem como prevenir a ocorrência de falhas de maneira mais eficaz.

Manutenção preditiva

A manutenção preditiva usa técnicas de monitoramento para detectar a falha antes que ela ocorra e pode ser realizada com a ajuda de análise de vibração, termografia e testes de desempenho.

Manutenção de performance

Trata-se de um conjunto de práticas que buscam aprimorar, preservar e garantir o desempenho de sistemas e equipamentos. É uma parte importante de qualquer rotina de manutenção, pois ajuda a prevenir problemas, aumenta a vida útil dos equipamentos e melhora o desempenho geral.

Manutenção de performance inclui medidas preventivas como limpar equipamentos, inspecionar, trocar peças, ajustar configurações e outras que ajudam a garantir que os sistemas e equipamentos continuem funcionando corretamente e com o máximo de seu desempenho.

Qual a importância da gestão para os ativos da empresa?

A gestão dos ativos envolve a identificação, o monitoramento e o controle dos recursos da organização, bem como o planejamento e o acompanhamento dos seus resultados.

Ela pode contribuir fortemente para elevar a produtividade das equipes e a eficiência operacional, além de otimizar o uso de recursos para a execução de projetos e atividades.

Outro impacto significativo dessa atividade é a possibilidade de mitigar possíveis riscos financeiros em potencial que poderiam impactar negativamente o desempenho da organização. A gestão de ativos é, portanto, uma ferramenta importante para o sucesso de qualquer empresa, pois ela permite aos gestores gerenciar as finanças, os recursos e os riscos de forma eficiente e eficaz.

A Manutenção Centrada na Confiabilidade (MCC), como ferramenta da gestão de ativos, é fundamental nas organizações para dar base à tomada de decisão e garantir que os recursos da empresa estejam sempre disponíveis, dando o máximo de resultados.

Gostaria de saber como gerenciar a manutenção dos seus ativos com eficiência? Então, solicite uma demonstração do Manusis4, a ferramenta que faltava para otimizar sua gestão!