Em 2020, fomos testemunhas de acontecimentos sem precedentes em nossa história. A pandemia do coronavírus gerou impactos profundos na economia mundial e no comportamento das pessoas. Apesar das grandes perdas, a crise forçou uma aceleração tecnológica em todo o mundo. Por isso, as tendências da indústria 4.0 para 2021 indicam que esse progresso deve continuar.
Por isso, para preparar você para esse tão esperado período pós-pandemia, entenda melhor o que está por vir no setor industrial. Entenda como essas tendências podem impactar muito positivamente os meios de produção!

Simulação

Uma das grandes necessidades no mercado industrial é a simulação de cenários a fim de planejar a demanda de produção. Essa limitação ficou clara na pandemia do coronavírus, uma vez que as empresas não conseguiram prever o volume de saída de muitos itens, gerando carências no público consumidor.
Os sistemas hoje existentes se baseiam em dados históricos para fazer previsões. Ao se deparar com um cenário nunca visto, os cálculos não bateram. Por isso, a tendência da indústria é buscar modelos mais inteligentes para fazer simulações a fim de prever cenários menos previsíveis.

Manufatura aditiva

Uma das tendências é a manufatura aditiva. Ela consiste na criação de objetos sólidos tridimensionais a partir de projetos de modelos digitais. Essa tecnologia acolhe principalmente a impressão 3D, uma tecnologia que constrói objetos fazendo sobreposição de diversas camadas de um material.
Não temos aqui uma nova tecnologia, mas o que temos visto até agora é que a impressão 3D é muito utilizada na produção de pequenos projetos. A tendência, porém, é que ela seja aplicada em grandes volumes.

Inovação verde

A cada ano, a preocupação com o impacto do processo produtivo sobre os recursos naturais é crescente. Por isso, é natural que os conceitos de sustentabilidade e inovação verde se tornem ainda mais presentes nos produtos e nos meios de produção.
Essa tendência traz a ideia da inovação verde, que é tentar encontrar um equilíbrio entre a vantagem econômica e a preservação do meio ambiente. Em 2021, essa discussão continua e renderá bons frutos aos recursos naturais do planeta.

Crescimento do 5G e fábricas inteligentes

A indústria 4.0 ganhará ainda mais força com o 5G. Esse tipo de conectividade trará muitas vantagens operacionais para as fábricas inteligentes, uma vez que a os dispositivos sem fio ganharão uma tecnologia que garantirá maior qualidade e velocidade. Apenas para se ter uma ideia, o 5G permite downloads cerca de 82 vezes mais ágeis que o 4G.
As redes 5G prometem dar uma base muito sólida para as indústrias do futuro. Hoje, o ethernet ainda predomina na infraestrutura de muitas indústrias. Porém, esse cabeamento representa altos custos de manutenção e instalação.
O 5G, por outro lado, além de aumentar a velocidade de comunicação entre os dispositivos, permite que os gestores utilizem o máximo do potencial da Internet das Coisas, automatizando uma infinidade de processos.

Aprendizagem de máquina

Outra tendência para 2021 é o machine learning. Isso tornará os sistemas EAM mais proativos, será usado para definir os perfis e interesses de cada tipo de notificação para cada pessoa, gerando oportunidades de novas de intervenções para mitigar os efeitos de paradas dos equipamentos.

O objetivo é que sistemas EAM sejam capazes de adquirir e integrar o conhecimento de forma autônoma. Assim o aprendizado de máquina mapeia o comportamento dos equipamentos e seus componentes, a fim de detectar situações diferentes do padrão, que possam se tornar uma falha ou um ponto de manutenção. À medida que o sistema é exposto a novos dados, um algoritmo inteligente desenvolve respostas a partir de uma análise estatística.

O machine learning criará parâmetros de notificações, além de possibilitar levantar informações que atualmente não estão disponíveis. O maior benefício dessa tecnologia é oferecer aos gestores dados qualificados, em tempo real, permitindo a tomada de decisão de maneira mais assertiva e com maior agilidade, objetivando que os processos de planejamento e programação de manutenção sejam aprimorados.

Digital twin

O Digital twin ou gêmeo digital é uma versão virtual de um equipamento físico. Essa versão digital inclui um modelo de dados que permite testes de um equipamento. Será utilizado para avaliação técnica de máquinas e equipamentos.

Através da utilização dessa tecnologia será possível prever as consequências de determinadas ações, antes mesmo de serem colocadas em prática. Haverá uma combinação de dados do equipamento, que traçará simulações e análises que permitirão obter informações relevantes sobre situações presentes e futuras.

Os principais benefícios do digital twin serão a assertividade e a possibilidade da previsibilidade, isso porque a cópia virtualizada simulará condições reais da operação. Aplicada a manutenção de equipamentos com maior complexidade permitirá o teste de materiais alternativos ou materiais passíveis de substituição.

Outra inovação será que o digital twin poderá ser combinado com o machine learning, onde estima-se que o aprendizado seja de forma mais rápida, a partir da versão virtual, oferecendo alternativas, bem como realizando previsões a partir de do uso de algoritmos programáveis e com recursos de inteligência artificial específica para cada equipamento.

Realidade aumentada

A realidade aumentada (RA), outra tendência, é uma tecnologia que sobrepõe objetos virtuais no mundo real de forma integrada ao ambiente em que você está. Um benefício da realidade aumentada é que permitirá simular tarefas, gerando oportunidades de interação entre o mundo real e o virtual.

O foco dessa tecnologia são funcionalidades que permitem a projeção de figuras, objetos e componentes num cenário virtual. Tornando possível a coexistência do real e digital, de forma gerar uma integração com aquilo que está fora do alcance do físico. Na manutenção de máquinas e equipamentos essa tecnologia permitirá ao colaborador obter auxílio remoto de especialistas, além da visualização e instrumentos diretamente no display do dispositivo, com a possibilidade de resolução mais ágil e assertiva.

Os benefícios estimados da realidade aumentada é a melhora na eficiência produtiva e maior assertividade nas ações de manutenções, com a visualização de soluções.

Nada vai mudar de um ano para outro. Em 2021, o desafio continua, mas a luz no fim do túnel se torna cada vez mais próxima. Nesse cenário, a indústria tem um importante papel em fornecer soluções e tendências inovadoras nos meios de produção, a fim de garantir o atendimento à crescente demanda.
Quer participar desse crescimento? Então, entenda como migrar seus processos de manutenção para as tendências atuais do digital por meio do Manusis 4.0. Acesse nosso portal e baixe gratuitamente uma demonstração da nossa solução!