Como um sistema de gerenciamento de ativos otimiza drasticamente os processos de uma indústria

Como um sistema de gerenciamento de ativos otimiza drasticamente os processos de uma indústria

Você já conta com um sistema de gerenciamento de ativos para os seus processos industriais? Entenda melhor como funciona e quais as vantagens de implantar esse software!

O volume de equipamentos, ferramentas e sistemas que uma empresa tem pode ser bastante significativo. Gerenciar todos esses bens pode ser um grande desafio, mas é necessário. Somente com uma gestão eficiente será possível construir processos consistentes e manter seus produtos e serviços competitivos no mercado. Você sabe como um sistema de gerenciamento de ativos pode ajudar sua empresa a alcançar esse objetivo?

A gestão de ativos consiste em um conjunto de práticas que tentam extrair o máximo de valor dos bens do negócio. Neste artigo, você vai entender melhor como um software de gerenciamento de ativos pode trazer benefícios gerais para os processos industriais. Saiba também o que é como funciona essa ferramenta!

O que é um sistema de gerenciamento de ativos?

Antes de entender o que é um sistema de gerenciamento de ativos, é bom deixar claro o que é um ativo. Esse conceito se refere a qualquer tipo de bem que esteja sob o controle da empresa. Então, temos aqui ferramentas, sistemas, imóveis, veículos, máquinas, softwares e até mesmo ideias.

Quando falamos em gestão de ativos, estamos nos referindo a práticas responsáveis por promover um uso otimizado desses bens. Esse gerenciamento começa antes mesmo da compra do item e perpassa todo o seu ciclo de vida, incluindo manutenções, até sua substituição e descarte.

Para garantir os melhores resultados da gestão, a empresa pode adotar diversas ferramentas que organizam as informações e automatizam alguns processos de monitoramento e controle. É o caso do sistema de gestão de ativos, também conhecido como softwares EAM (Enterprise Asset Management).

Esses sistemas são criados para gerenciar todo o ciclo de vida do produto, desde a aquisição. Ele tem recursos para a gestão dos processos de manutenção preventiva, preditiva e corretiva, além de levantar dados que ajudam a empresa na tomada de decisões sobre o ativo.

Como ele funciona?

Um sistema de gerenciamento de ativos fornece ferramentas para registrar e integrar todo o inventário da empresa, além de ordens de serviço e cronograma da manutenção. As informações podem ficar armazenadas na nuvem e ser compartilhadas entre os técnicos e profissionais em campo. É um instrumento que dispensa planilhas e papéis que facilmente poderiam se perder.

O sistema fornece ao gestor informações em tempo real por meio de um painel de controle bastante claro com os principais indicadores para a tomada de decisões mais ágeis e acertadas.

Por que adotar um software de gestão de ativos?

As razões para implantar um sistema para gerenciar os ativos do negócio, especialmente na indústria, são inumeráveis, mas considere, a seguir, algumas das vantagens mais evidentes.

Redução de custos

De diversas maneiras, o software contribui para a redução de custos. A gestão aperfeiçoada da manutenção aumenta o ciclo de vida dos ativos e reduz as falhas. A disponibilidade dos equipamentos também aumenta, diminuindo o capital necessário para investir no estoque em peças sobressalentes.

Redução de riscos

Com ativos gerenciados de forma mais adequada, os riscos de acidentes são muito menores. Fica mais fácil gerenciar exigências ligadas a leis de segurança, qualidade de vida no trabalho e sustentabilidade.

Aprimoramento do desempenho dos ativos

O sistema traz melhorias significativas na gestão dos ativos e garante que sempre estejam nas condições mais adequadas de funcionamento. Dessa forma, os sistemas e equipamentos conseguem alcançar níveis de desempenho mais altos.

Indicadores claros para a tomada de decisões

Os indicadores de desempenho ligados às equipes e aos ativos são fundamentais para identificar e analisar falhas e aprimorar processos. Extrair essas informações nem sempre é fácil. No entanto, com um software, muitos desses cálculos são feitos automaticamente ao passo que os profissionais alimentam o sistema com os dados referentes aos ativos, como ordens de serviço e de manutenção.

Realmente, não há como imaginar uma indústria competitiva e com processos consistentes sem o uso de um sistema de gerenciamento de ativos. Trata-se de um recurso indispensável para empresas que desejam crescer de forma sustentável e garantir que seus ativos tenham os melhores níveis de desempenho, segurança e durabilidade.

Quer saber mais como funciona um software de gestão de ativos? Solicite gratuitamente uma demonstração do Manusis 4.0 e entenda melhor na prática!

 

pt_BRPortuguês do Brasil