MTBF e MTTR qual a diferença?

MTBF e MTTR qual a diferença?

Você sabe o que são MTBF e MTTR e como podem ser usados na gestão de ativos? Leia o artigo e entenda como calculá-los!

Os indicadores de manutenção são ferramentas essenciais para garantir melhores resultados. Dois desses principais índices são o MTBF e MTTR. Eles podem ajudar os gestores a monitorar as atividades e buscar maneiras de aprimorar seus processos de manutenção.

Neste post, vamos explicar de uma forma bem simples e prática o que eles indicam, como podem ser calculados e como os números podem ser usados pela gestão para a tomada de decisões. Continue a leitura e saiba mais!

O que é MTBF?

MTBF é a sigla para mean time between failures, ou tempo médio entre falhas. Ele indica o tempo médio em que duas falhas ocorrem. Para descobrir esse valor, basta subtrair o tempo total em que a máquina está funcionando pelo tempo perdido (que são as paradas). Depois, pegamos o resultado e dividimos pelo número de falhas que ocorreram no período. Então, a fórmula ficaria assim:

  • MTBF = [(tempo total de funcionamento – tempo perdido) / (número total de falhas)]

Vamos a um exemplo prático. Digamos que um equipamento tenha estado disponível por 168 horas. Houve 2 paradas, a primeira de 1,5 hora e a outra de 5 horas. Então, teríamos o seguinte cálculo:

  • MTBF = [(168 – (1,5 + 5) / 2)]
  • MTBF = (168 – 6,5) / 2 = 80,75 horas ou 4,845 minutos

Assim, em média, pode-se esperar que de uma manutenção para outra, o tempo em que a máquina ficará operando será de 80,75 horas.

O que é MTTR?

MTTR é a sigla para time to repair, ou tempo médio para reparo. Assim, ele vai indicar o tempo médio que se espera para um conserto ser feito após a falha ter ocorrido. Esse indicador acolhe não só o tempo gasto durante o conserto, mas desde a notificação, diagnóstico, montagem e testes até que a máquina volte a campo.

Dessa forma, ele mede a capacidade de manutenção da equipe, ou seja, o tempo que demora para fazer um equipamento ou componente retornar ao seu status operacional normal. O cálculo usado é o seguinte:

  • MTTR = (tempo de parada) / (quantidade de paradas)

Vamos exemplificar com o mesmo caso do tópico anterior:

  • MTTR = (1,5 + 5) / 2
  • MTTR = 6,5 / 2 = 3,25 horas ou 195 minutos

Assim, o equipamento ficou parado, em média, 3,25 horas. A ideia aqui é reduzir ao máximo o MTTR, pois quanto menor esse indicador, mais eficiente está sendo a equipe.

Qual a diferença entre MTBF e MTTR?

Embora em ambos os casos os indicadores estejam gerenciando ativos do negócio, como equipamentos, sistemas, ferramentas e instalações de uma forma geral, existem focos diferenciados.

O MTBF tem por objetivo medir a confiabilidade de um equipamento sistema. Queremos um tempo médio maior entre falhas, isto é, que a máquina permaneça o maior tempo possível sem apresentar falhas.

Por outro lado, o MTTR foca no reparo em si, medindo a eficiência da equipe de manutenção. Quanto mais rápido for o serviço, menor será o tempo de parada, e maior será a disponibilidade da máquina.

O MTBF e o MTTR são indicadores utilizados pela indústria há décadas e cumprem de forma bastante eficiente o papel de levantar dados para a tomada de decisões. Eles podem ajudar a empresa a entender seus processos de manutenção, saber que ajustes fazer e quais ativos são os próximos a precisar de reparos.

Esses indicadores podem ser facilmente calculados por meio de soluções digitais, como um sistema de gestão de ativos. Baixe uma demonstração do Manusis 4.0 e entenda na prática como funciona!

en_USEnglish