• Diagnóstico de processos: como pode ajudar na gestão de manutenção?

A gestão de manutenção, em qualquer organização, é de suma importância, uma vez que permite à empresa alcançar excelência operacional, não somente no que se refere à qualidade dos seus processos, serviços e produtos, mas também na capacidade de entrega e em custos mais competitivos. Isso mesmo, é preciso romper o paradigma que a gestão de manutenção é apenas um centro de CUSTOS e que pode ser transformada em um centro de RESULTADOS! Para avaliar e garantir que o setor entregue os resultados esperados, é uma boa prática de gestão, periodicamente, realizar um diagnóstico dos processos de gestão da manutenção.
Neste artigo você vai entender melhor o que é, como funciona e como pode ser usada para nortear as decisões estratégicas do gestor de manutenção.


O que é auditoria de manutenção?

O diagnóstico de processos pode ser definido como um estudo detalhado e sistemático de algumas atividades específicas de uma empresa. O objetivo é avaliar se todos os processos estão em conformidade com os objetivos do negócio, as normas regulamentadoras e a legislação. O auditor precisa identificar falhas em serviços, produtos ou processos para que sejam feitos os ajustes necessários.
Assim, a atividade de diagnóstico de processos não tem natureza punitiva, mas trata-se de uma oportunidade de aperfeiçoar a gestão e garantir melhores resultados. Na verdade, dentro da gestão de manutenção, o diagnóstico de processos avalia se os procedimentos adotados para a gestão da manutenção dos ativos cumpre requisitos básicos definidos pela empresa.

Como é feito o processo de diagnóstico de processos?

O diagnóstico de processos de gestão da manutenção faz uma avaliação com base no que o gestor afirma fazer para gerenciar a manutenção, comparando com as melhores práticas do mercado. Assim, alguns questionamentos comuns do auditor incluem:
• Há um plano de manutenção preventiva anual na empresa?
• Foram definidos indicadores de desempenho?
• Há metas para o controle da performance do setor?
• As máquinas e equipamentos são classificados com base em algum critério?
• Existe um plano específico para a lubrificação e a calibração de máquinas, equipamentos instrumentos?
• Existe um plano de manutenção preditiva?
• Há manuais e catálogos disponíveis para pronta consulta da equipe de manutenção?
• Como as ordens de manutenção (sistemática e/ou não sistemáticas) são gerenciadas?
• Como as solicitações de peças de estoque são controladas?
• Foram definidos padrões de trabalho para os serviços de manutenção?
• A estratégia de gestão de manutenção está alinhada ao planejamento estratégico organizacional?
• Existe um plano de ações que permite que os processos de gestão de manutenção contribuam para melhor performance dos ativos críticos?
Essas questões devem ser ajustadas conforme as normas regulamentadoras, como a ISO 9001 (norma internacional ligada à Gestão da Qualidade), ISO 55.000 (norma internacional sobre Gestão de Ativos) e as Normas Regulamentadoras, tais como NR-12 (segurança do trabalho em máquinas e equipamentos). Elas definem as melhores práticas do mercado.

Como a análise e o gerenciamento dos dados podem aprimorar a gestão de manutenção?

Por meio de diferentes métodos, o diagnóstico de processos levantará dados importantes que servirão para o aprimoramento das atividades de manutenção. Como resultado do processo, algumas intervenções podem ser sugeridas:
• Aperfeiçoar tanto o planejamento quanto a execução dos serviços de manutenção;
• Treinar e qualificar manutenções;
• Informar a alta gestão sobre as necessidades de melhorias;
• Comparar a qualidade dos processos da empresa com as melhores práticas recomendadas.
O diagnóstico dos processos de gestão da manutenção gera dados importantes para o aprimoramento dos processos da gestão de manutenção. Por meio dela, o setor passa a tomar decisões mais acertadas e forma uma base de registros que vão ajudar a empresa a amadurecer e a inovar em seus processos com base em um Plano Diretor Estratégico de Gestão de Manutenção e Ativos
Gostou da leitura? Então, assine nossa newsletter e receba em primeira mão novos conteúdos diretamente na caixa de entrada do seu e-mail!

2021-04-05T16:33:08-03:0015 de agosto de 2019|Blog, Conteúdos e Artigos, Gestão de Manutenção|

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ir ao Topo