O que é a Gestão de Manutenção centrada em confiabilidade?

O que é a Gestão de Manutenção centrada em confiabilidade?

Descubra o que é confiabilidade e como utilizar esta metodologia como ferramenta estratégica para o seu negócio
Dentre as principais práticas adotadas pelas empresas de classe mundial, como forma de garantir a sua competitividade e a conseqüente perpetuação no mercado, está a metodologia Reliability Centered Maintenance (RCM) – Manutenção Centrada em Confiabilidade.
A metodologia RCM ou Manutenção Centrada em Confiabilidade, é um processo usado para determinar o que deve ser feito para assegurar que qualquer ativo físico continue a fazer o que seus usuários querem que ele faça, no seu contexto operacional presente. Para ser desenvolvida, a metodologia utiliza sete perguntas sobre cada item em revisão ou sob análise crítica, para que seja preservada a função do sistema produtivo. Como resultado, obtém-se um aumento da disponibilidade, o que permite um aumento de produção.
Empresas de classe mundial, por sua vez, são aquelas que buscam a excelência nos serviços e produtos de sua competência. Para buscar esta excelência, as empresas perseguem sempre inovações e procuram estar na vanguarda da aplicação da tecnologia no seu processo produtivo e, principalmente, na gestão do seu maior patrimônio, que são os seus colaboradores internos e externos. Estas empresas buscam, ainda, nos departamentos de manutenção, os resultados positivos de desempenho do seu sistema produtivo para garantir ganhos em produtividade e qualidade, simultaneamente a uma redução de custos de manutenção. Sendo assim, a manutenção centrada em confiabilidade passa a ser considerada como uma função estratégica, que agrega valor ao produto.
Os benefícios obtidos pela prática da Manutenção Centrada em Confiabilidade são vários. Abaixo, listamos 7 deles:
Maior Segurança e Proteção Ambiental: no conjunto de benefícios do RCM, a segurança operacional e a integridade do meio ambiente são os principais benefícios obtidos com a metodologia. Esses benefícios são resultados das informações geradas pelo RCM, para identificar todos os possíveis riscos de falha nos equipamentos.
Desempenho Operacional Melhorado: o desempenho operacional é melhorado porque os gestores do programa têm informações técnicas para escolher melhores práticas de manutenção para garantir uma maior disponibilidade dos equipamentos no sistema produtivo. O aumento da disponibilidade dos equipamentos pode ser visto também como uma redução no tempo de reparo.
Eficiência Maior de Manutenção (Custo-efetivo): com as informações técnicas obtidas pelo RCM, os gestores podem adotar as melhores práticas de manutenção, para garantir que o capital investido na manutenção tenha o melhor retorno. Estima-se que o RCM corretamente aplicado aos sistemas de manutenção existentes reduza de 40% a 70% a quantidade de trabalho de rotina, e trabalhos de emergência entre 10% e 30% do total de trabalhos.
Aumento da vida útil dos equipamentos: a adoção das melhores práticas de manutenção garante que o equipamento faça tudo o que o seu usuário quer que ele faça, e que ele fique por mais tempo disponível no seu contexto operacional. O resultado desta manutenção garante que cada componente do equipamento receba a manutenção necessária para cumprir a sua função, garantir uma vida mais longa do equipamento.
Banco de Dados de Manutenção Melhorado: os registros gerados pelo RCM proporcionam a obtenção de um excelente banco de dados para uso tanto pela manutenção como pela operação, inspeção e projeto. Estes dados fornecem informações para: identificar as necessidades de habilidades dos manutentores, decidir qual a melhor política de estoques de peças sobressalentes e manter os desenhos e manuais atualizados.
Trabalho em Equipe e motivação: as pessoas ficam mais motivadas para o trabalho quando participam da análise e soluções dos problemas do dia a dia. A metodologia RCM promove esta integração, quando reúne equipes multifuncionais para a análise e solução dos problemas. Isso aumenta o grau de comprometimento e compartilhamento de toda a organização da empresa na solução dos problemas.
Social: a sociedade é a grande beneficiária dos resultados obtidos pela implantação correta do RCM, que tem como objetivo eliminar ou reduzir ao máximo as probabilidades das falhas funcionais e criar procedimentos adequados para minimizar os efeitos e conseqüências das falhas. Com isso, os recursos naturais para as atividades industriais serão usados mais racionalmente, sem desperdício, e os possíveis acidentes com agressão ao meio ambiente serão evitados.
O uso de tecnologias já não é mais um diferencial para se destacar no mercado. Atualmente, é necessário utilizar as melhores ferramentas e sistemas que existem. Como a manutenção centrada em confiabilidade está associada ao bom desempenho de uma gestão, é possível aplicar soluções adequadas às suas exigências também.
O MANUSIS 4.0 é uma plataforma especialista e integrada aos principais ERP’s globais. O software reúne informações de todas as áreas de apoio em um único lugar, com custos reduzidos e em um sistema especialista em gestão de manutenção e ativos desenvolvido por profissionais que possuem conhecimento aprofundado do mercado de Gestão de Manutenção. Saiba mais sobre o MANUSIS 4.0!

pt_BRPortuguês do Brasil
pt_PTPortuguês pt_BRPortuguês do Brasil