blog

Pesquisa aponta que o mercado mundial de serviços em nuvem crescerá 18% em 2017

O Gartner estima que o mercado mundial de serviços de nuvem pública chegue a US$ 246,8 bilhões, acima dos US$ 209,2 bilhões registrados em 2016. O maior aumento virá dos serviços de infraestrutura de sistemas em cloud (IaaS), com crescimento previsto de 36,8% em 2017, alcançando US$ 34,6 bilhões. Já os serviços de aplicações em nuvem (SaaS), como o Manusis 4.0, devem aumentar 20,1%, totalizando US$ 46,3 bilhões.
De acordo com o relatório divulgado, as empresas estão buscando estratégias por causa do valor multidimensional dos serviços em nuvem, incluindo agilidade, escalabilidade, custo-benefício, inovação, possibilidade de expansão dos negócios e velocidade de implementação.
O Gartner estima que mais de 50% das novas adoções de aplicações por grandes companhias norte-americanas serão compostas por SaaS ou outras formas de soluções baseadas em nuvem. As pequenas e médias empresas estão ainda mais à frente na curva de adoção. Até 2019, mais de 30% dos investimentos em novos softwares dos 100 maiores fabricantes terão mudado de nuvem como prioridade para apenas nuvem.16

Wert Solutions é selecionada para o programa Scale-Up da Endeavor

Em abril, a Endeavor, organização global e sem fins lucrativos de fomento ao empreendedorismo, divulgou que a Wert Solutions é uma das 15 empresas paranaenses selecionadas para participar do Programa Scale-Up 2017. Ao todo, 200 empresas foram selecionadas em todo o território nacional.
Scale-Ups são empresas que crescem muito, pelo menos 20% ao ano, por três anos consecutivos (em número de funcionários ou receita), nos mais diversos setores. O objetivo é que os selecionados aprendam por meio de mentorias orientadas pelos principais líderes empresariais do país, e potencializem o impacto dos seus negócios para a geração de novos empregos.
“Essa é a terceira vez que o programa acontece no Paraná com muito sucesso. Este ano selecionamos diferentes perfis de empresas, variando de alimentação, beleza, educação e tecnologia da informação – o que há em comum entre essas empresas é o diferencial do modelo de negócios e as altas taxas de crescimento. No total tivemos mais de 750 inscritos no Brasil inteiro, foram 75 aqui no estado”, explica Marco Antonio Mazzonetto, coordenador da Endeavor no Paraná.
Durante os sete meses de duração do programa, a Wert receberá um diagnóstico dos principais desafios do negócio e, em seguida, faremos conexão com a rede de mentores da Endeavor, que são grandes empreendedores e especialistas, apoiadores da causa da organização.

Wert e Castrolanda: uma parceria de sucesso

Com foco na melhoria dos processos da área de Gestão e Manutenção de Ativos, a Wert Solutions e a Castrolanda Cooperativa Agroindustrial mantém há mais de 6 anos uma parceria que tem como principal objetivo a implementação de procedimentos de classe mundial em todas as unidades produtivas da organização.
A Castrolanda utiliza o Manusis 4.0, sistema desenvolvido pela Wert, em sua unidade agrícola para realizar o controle da gestão da manutenção de seus ativos.
Os processos contínuos de mudanças desenvolvido pelas empresas, em busca de melhorias e metas cada vez mais desafiadoras, vem, cada vez mais, conquistando reconhecimento como um case de sucesso e benchmarking no mercado.

A Manutenção no Contexto da Manufatura de Classe Mundial (WCM)

O World Class Manufacturing (WCM) é uma metodologia da Gestão e Manutenção de Ativos muito eficaz na eliminação de perdas e vem ganhando cada vez mais espaço nas organizações que buscam estratégias para obter um nível de excelência em seus negócios.
A metodologia WCM se baseia na difusão de seus conceitos por meio da estratificação de áreas. São 10 pilares técnicos e, para cada pilar, há 7 passos para implementação da metodologia. Conheça-os:

  1. Segurança: propõe a melhoria contínua do ambiente de trabalho e a eliminação das condições que podem gerar situações de risco ou acidentes.
  2. Cost Deployment (desdobramento de custos): tem por objetivo inovar os sistemas de Administração e Controle das fábricas, introduzindo uma estreita correlação entre a identificação das áreas a serem melhoradas e os resultados de melhoria de desempenho, medidos por meio de KPIs;
  3. Manutenção Autônoma: tarefas que têm como objetivo prevenir quebras na máquina, quando estas ocorrem devido às falhas de manutenção de suas condições básicas.
  4. Manutenção Profissional: compreende todas as rotinas relacionadas à construção de um sistema de manutenção capaz de reduzir a zero as quebras e as pequenas paradas das máquinas e equipamentos. O principal objetivo é reduzir custos por meio da utilização de práticas de manutenção baseadas na Manutenção Preditiva e Manutenção Corretiva.
  5. Controle da Qualidade: propõe a obtenção de produtos com zero defeito e desenvolvimento de qualidade nos processos internos através da análise cuidadosa de capacidade e controle apropriado de cada etapa da produção.
  6. Logística: atividades de movimentação e armazenagem, que facilitam o fluxo de produtos, desde o ponto de aquisição da matéria-prima até o ponto final. O objetivo é oferecer níveis de serviço aos clientes a um custo razoável, garantindo entrega correta, no momento correto, na quantidade correta.
  7. Gestão Preventiva de Equipamentos: tem por objetivo atingir custos reduzidos do ciclo de vida dos equipamentos, equipamentos confiáveis, de fácil manutenção, acessíveis, de fácil inspeção e limpeza, de baixo barulho/rumor; ciclos de Manutenção Preventiva definidos na fase de projeto, e economicamente sustentados, com setup e reinício rápido e qualidade elevada do produto;
  8. Desenvolvimento de Pessoas: tem o objetivo de instituir na fábrica um sistema de desenvolvimento das competências das pessoas, identificando os motivos que as levam a cometer erros e possíveis acidentes. Este pilar é considerado como um fator chave de competitividade para a excelência.
  9. Meio Ambiente: conscientização e estão dos aspectos e impactos ambientais relativos às atividades realizadas.
  10. Melhoria focada: dedicado as grandes perdas resultantes do Cost Deployment . São propostas focadas na solução de temas específicos com o objetivo de se obter resultados a curto prazo, com um benefício elevado em termos de redução de custos devido às perdas e os desperdícios.

O Manusis 4.0, sistema de Gestão e Manutenção de Ativos desenvolvido pela Wert Solutions, possui pacotes de módulos específicos para atendimento às práticas do WCM, tais como Machine Ledger, Manutenção Autônoma, OEE e SOP. Entre em contato conosco e solicite uma versão de avaliação do software.

PAS 55 e ISO 55000: as melhores Práticas da Gestão e Manutenção de Ativos

O principal objetivo da Gestão e Manutenção de Ativos é assegurar a disponibilidade dos ativos para que o processo de produção ou prestação de serviços seja cumprido com segurança, sustentabilidade e custos adequados.
Como qualquer atividade, a Gestão de Ativos se baseia na aplicação das melhores práticas, ou seja, aquelas que, comprovadamente, remetem aos melhores resultados.
Para tanto, faz-se necessário um Sistema de Gestão de Ativos que disponibilize ferramentas para atingir esse objetivo.
Um Sistema de Gestão de Ativos para uma empresa é vital pois é a performance dos ativos que permitirá a empresa entregar seus produtos e/ou serviços dentro de padrões de qualidade, gerando riqueza e agregando valor ao seu cliente.
No Brasil, a Associação Brasileira de Manutenção (Abraman) é a entidade responsável pela publicação em português de padrões de especificação que estabelecem os requisitos para se verificar um sistema eficiente de gestão de ativos.
O documento com as especificações internacionais para gerenciamento de ativos recebe o nome de PAS 55. Organizado em 28 pontos, visa estabelecer uma gestão abrangente e aperfeiçoar o sistema de gestão para todos os tipos de ativos físicos das empresas.
Estas definições estão coerentes com a Norma Internacional ISO 55.000, que trata da definição de Ativos, Gestão de Ativos e Sistema de Gestão de Ativos no sentido mais amplo, bem como os termos e definições usadas nesta área.
Os quatros princípios de Gestão de Ativos descritos na ISO 55.000 são:
– Ativos existem para fornecer valor para a organização e partes interessadas;
– A Gestão de Ativos transforma a intenção estratégica em tarefas, decisões, atividades técnicas e financeiras;
– Liderança e cultura do local de trabalho são determinantes para a percepção de valor;
– A Gestão de Ativos fornece garantia de que os ativos vão cumprir e desempenhar a sua função.
O Manusis 4.0, software especialista de Gestão de Manutenção e Ativos desenvolvido pela WERT SOLUTIONS, atende aos principais requisitos da PAS 55 e ISO 55.000. Clique aqui e saiba tudo sobre o produto.

Wert Solutions expande seus negócios até o México

Em março deste ano, o CEO da Wert Solutions, Rodrigo Rotondo, esteve no México para a implantação do Manusis 4.0 na Comau. Líder mundial em sistemas automação e manutenção industrial, a Comau integra o conglomerado industrial Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e hoje é a subsidiária do grupo responsável pelo atendimento ao mercado mexicano e a países do Mercosul.
Nessa fase do projeto, o Manusis 4.0 foi implementado como ferramenta na COMAU para a realização da gestão de manutenção e ativos nas empresas Carrier e Hyundai. Futuramente, a intenção é implementar o software em todos os contratos da Comau no Brasil e no exterior.
Para a Wert, o novo projeto integra o plano de expansão de negócios da empresa no mercado internacional, sendo o objetivo principal da empresa tornar o Manusis 4.0 reconhecido como o melhor software de Gestão de Manutenção e Ativos do mundo.

Como escolher indicadores de desempenho?

Os KPIs (Key Performance Indicators), ou Indicadores de Performance, são dados utilizados para medir o desempenho relativo a um objetivo. As variáveis mensuráveis são muitas e podem avaliar, por exemplo, o desempenho da sua empresa ao investir no aumento das vendas, melhorias no retorno do investimento em marketing, na redução da desistência na jornada de compra, além de outros.
Para resultados mais assertivos, portanto, é importante que se defina quais realmente agregam valor ao seu plano de ação. Defina os objetivos da sua empresa e dos seus colaboradores. Analise as áreas que precisam de melhorias ou otimizações e priorize ações para sua equipe de gestores.
Tendo em mente objetivos, estratégia e plano de ação, defina os KPIs mais relevantes levando em consideração alguns pontos primordiais. Os indicadores devem ser:
Apropriados: devem medir precisamente o aspecto operacional que precisa ser medido;
Aceitáveis: devem ser considerados por todos;
Claros: devem transmitir uma mensagem clara em relação à operação medida;
Comparáveis: devem poder ser comparados a dados internos ou externos à empresa;
Simples: devem ser fáceis de entender, coletar e interpretar.
Deve-se garantir que os indicadores meçam, portanto, a efetividade na aplicação dos processos de manutenção com o intuito de avançar e perpetuar o negócio da organização.
Os KPIs podem variar bruscamente de organização para organização e de meta para meta, mas alguns são encontrados com maior frequência em determinadas áreas. Para saber os principais KPIs para a Gestão e Manutenção de Ativos, baixe aqui o e-book que preparamos sobre o tema.

81% dos brasileiros acreditam que utilizarão IoT no trabalho em 5 anos

Mais de dois terços (81%) dos profissionais brasileiros acreditam no uso de IoT (Internet das Coisas) – no qual os objetos estão conectados e trocam informações entre si, tomando decisões inteligentes, sem interferência humana – nos atuais ambientes de trabalho em até cinco anos. A constatação faz parte de um estudo global patrocinado pela Dell e Intel, Future Workforce Study (Estudo sobre o Futuro da Força de Trabalho).
O principal benefício no uso de IoT nos ambientes de trabalho, citado por 60% dos entrevistados no Brasil, é o uso de tecnologias mais inovadoras nas empresas. Em seguida, 57% dos brasileiros indicam que essas soluções devem facilitar a conexão de equipamentos sem fio para compartilhar informações e conectá-los entre si; 37% apontam que devem permitir um uso mais eficiente da energia; 36% acreditam que tendem a permitir um melhor aproveitamento dos espaços de trabalho; e 23% apontam que a Internet das Coisas vai possibilitar a adaptação dos ambientes às preferências individuais (em termos de temperatura, alimentos, layout de mesas etc.).
Quando questionados sobre os atuais ambientes de trabalho, 47% dos brasileiros consideram que seus escritórios não são inteligentes o suficiente, 41% avaliam que são adequados e só 10% dizem que trabalham em escritórios bastante inteligentes.
Ainda de acordo com o estudo, 89% dos profissionais no Brasil consideram importante que um ambiente de trabalho ideal tenha tecnologias que permitam que os colaboradores interajam remotamente.
“O mundo está evoluindo para se tornar cada vez mais conectado e inteligente, e o ambiente de trabalho seguirá pelo menos caminho”, analisa Bárbara Toledo, gerente de marketing para o mercado corporativo da Intel Brasil. “A próxima revolução do trabalho se dará quando conectarmos equipamentos e profissionais na nuvem e analisarmos os dados gerados para criar insights, mitigar ineficiências e criar uma força de trabalho que é verdadeiramente móvel, conectada, colaborativa e inteligente”.
O levantamento consultou 3,8 mil profissionais de pequenas, médias e grandes companhias em dez países. O estudo Future Workforce pode ser acessado aqui.

O que é computação na nuvem?

Usar a computação em nuvem ou cloud computing é, atualmente, uma vantagem competitiva essencial para muitas empresas, porque as ajuda a conseguir o melhor desempenho da sua infraestrutura, diminui os custos de TI, além de utilizar de maneira mais fácil e eficaz os aplicativos essenciais para suas atividades, o que possibilita que a empresa se concentre em inovação, por exemplo.
No entanto, ainda há muitas organizações que sentem receio da ideia de guardar seus arquivos e dados corporativos em servidores terceirizados. Esse risco, no entanto, não existe. E para te ajudar a entender o conceito, respondemos algumas questões que nós, da Wert Solutions, recebemos frequentemente de nossos clientes.
O que é computação na nuvem?
A computação em nuvem oferece uma forma simples de acessar servidores, armazenamento, bancos de dados e um conjunto amplo de serviços de aplicação via internet. Um provedor de serviços em nuvem é proprietário e faz a manutenção do hardware conectado à rede, necessário para esses serviços de aplicação, enquanto você utiliza o que precisa por meio de uma aplicação web.
Veja um vídeo sobre o tema:

Hospedar um sistema na nuvem é seguro? Quais os riscos que corro de perder meus dados?
Pesquisas recentes apontam que cerca de 90% das médias empresas brasileiras já aderiram à computação na nuvem. No entanto, ainda existem as que não aderiram ao modelo, e precisam manter seus arquivos e dados em datacenters locais que, além de serem caros e ocuparem espaço físico, estão vulneráveis a riscos como defeitos técnicos, furtos e acidentes variados. Já as que optam por contratar um provedor que oferece serviços na nuvem, terceirizam essa preocupação para especialistas, além de poderem contar com escalabilidade, disponibilidade e mobilidade da informação.
Quanto ao risco de perder dados, todos os servidores da Wert estão sob domínio da Amazon Web Services (AWS), a mais segura rede de cloud computing do mundo.
Quais garantias a Wert oferece com relação à computação em nuvem?
Temos os seguintes serviços contratados com a AWS para garantir aos nossos clientes a segurança e disponibilidade de seus dados:
Backup e recuperação –  Solução de armazenamento seguro, escalável e durável para garantir eficiência e escalabilidade em nossos ambientes de backup e recuperação, sem necessidade de uma infraestrutura local em nossos clientes.
Bancos de dados – Solução de armazenamento em nuvem altamente escalável, durável e confiável para backup projetadas para oferecer suporte a bancos de dados de missão crítica, incluindo Oracle e SAP. Sistema flexível, ágil e com redundância geográfica para robusta proteção de dados.
Certificações de segurança – As certificações de segurança da AWS, como SOC1, permitem manter a conformidade dos dados. Padrões como AES 256, que permite criptografar dados não utilizados no momento, garante que ninguém possa visualizá-los. A Amazon Virtual Private Cloud permite criar sub-redes privadas para servidores de bancos de dados e de aplicativos, possibilitando um maior controle da segurança das cargas de trabalho de missão crítica.
Replicação de dados sem esforço – Replicação de dados automaticamente entre vários datacenters que foram projetados para oferecer durabilidade de 99,999999999%.
Recuperação de desastres que não é um desastre – Solução compatível com diversas arquiteturas populares de recuperação de desastres (DR) de rede.  Desde ambientes “luz piloto”, prontos para aumentar em escala a qualquer momento, até ambientes em “operação contínua”, que permitem um failover rápido, com datacenters em 10 regiões ao redor do mundo que permitem a rápida recuperação da sua infraestrutura de TI e dados.
Uma nuvem segura – Plataforma tecnológica segura e durável com certificações reconhecidas do setor e auditorias como SOC 1 Tipo 2, ISO 27001, PCI DSS, FISMA Moderado e controles em conformidade com a ITAR. A.
Para saber mais, veja no nosso blog as 6 vantagens e benefícios da computação em nuvem.

Manusis Facilities: uma nova solução da Wert Solutions

A inovação é um dos maiores desafios para as empresas que desejam se manter competitivas na indústria de facilities. Devido à natureza descentralizada e multidisciplinar do negócio, torna-se complexa a implantação de práticas que resultem em mais produtividade e menos custos.
Para atender esse mercado, a Wert Solutions desenvolveu o Manusis Facilities, um sistema especialista em Gestão de Facilities e manutenção de serviços que permite a gestão integrada de um conjunto de serviços em uma única plataforma, além do controle de todos os processos envolvidos. Facilita, assim, a tomada de decisões estratégicas com muito mais assertividade.
O Manusis Facilities é indicado para o gerenciamento de serviços de manutenção predial e de instalações, manutenção de equipamentos e construções, jardinagem, limpeza, segurança, utilidades, serviços de suporte aos negócios, chamados de TI, serviços de suporte ao staff e serviços de segurança, saúde e meio ambiente. 
O grande diferencial do Manusis Facilites é o aplicativo mobile, que permite a gestão em tempo real dos integrantes da equipe de facilities, garantindo velocidade no processo de decisões críticas.
Conheça os plug-ins e especificidades do Manusis Facilities e descubra todas as vantagens do sistema para sua empresa: CLIQUE AQUI.

pt_BRPortuguês do Brasil
pt_PTPortuguês pt_BRPortuguês do Brasil