5 dicas de como gerenciar Ativos e Facilities na sua empresa!

5 dicas de como gerenciar Ativos e Facilities na sua empresa!

Todos sabemos que o gerenciamento de ativos, de manutenção e de facilities está diretamente ligado à segurança dos usuários. Com a pandemia do coronavírus, perceberemos uma mudança drástica no comportamento dos usuários de locais públicos, impondo aos gestores e demais profissionais ainda mais organização e agilidade na gestão de equipamentos e infraestruturas.

Por isso, neste artigo vamos apresentar algumas das principais práticas que garantem um gerenciamento mais otimizado e resultados expressivos no setor. Continue a leitura e saiba mais!

Entenda a importância do gerenciamento de ativos e facilities

A gestão de ativos e facilities acolhem o planejamento e a execução de um conjunto de ações que garantem conforto, segurança, higiene, manutenção e toda a infraestrutura necessária para que os usuários de um ambiente possam cumprir suas funções.

O gerenciamento de todas essas atividades contribui para a redução de custos do negócio, o aumento da produtividade dos colaboradores e a integridade física de todos os envolvidos. Embora não estejam relacionadas ao core business da empresa, sem uma gestão adequada dos ativos, todo o fluxo produtivo pode ficar comprometido.

Conheça 5 formas de gerenciar ativos e facilities

1. Preze pela manutenção preventiva

A manutenção preventiva dos equipamentos e da infraestrutura da empresa garante uma durabilidade maior dos ativos e representa mais segurança para os usuários.

Tudo isso precisa ser gerenciado por meio de um cadastro centralizado que detalhe a vida útil e as recomendações dos fabricantes. Dessa forma o gestor poderá traçar planos de manutenção com bastante antecedência.

2. Invista em IoT

A Internet das Coisas é um recurso bastante inovador para os gerentes de ativos e facilities. Eles facilitam o monitoramento das instalações e equipamentos por meio de sensores inteligentes que coletam e transmitem informações remotamente.

Algumas das possibilidades são gerenciamento de trajetos de frotas, câmeras inteligentes que detectam a presença de pessoas em áreas inteligentes, identificação facial e até mesmo gestão de limpeza.

Gostaria de conhecer uma solução aplicada e tecnologias disponíveis? Clique aqui e agenda uma videoconferência com nossa equipe de tecnologia!

3. Adote uma plataforma de gestão

Já falamos sobre o cadastro centralizado, e as plataformas de gestão levam essa prática a outro nível. Elas maximizam a capacidade do gestor de monitorar todas as operações, pois automatizam muitas funções, emitindo alertas, facilitando o planejamento das operações e detectando falhas.

4. Monitore e avalie as operações e a infraestrutura

Avaliar os facilities na empresa e as operações de manutenção é fundamental para determinar até que ponto suas atividades estão apresentando resultados satisfatórios.

Da mesma maneira, é importante monitorar os ativos para averiguar se o desempenho está dentro dos padrões. É possível comparar com registros anteriores a fim de identificar falhas e possíveis desvios.

5. Trabalhe em cima de melhoria contínua

A infraestrutura e os equipamentos devem ser mantidas em condições que sejam tecnicamente e economicamente vantajosas. Assim, a gerenciamento de manutenção deve trabalhar no sentido de garantir um bom desempenho desses ativos.

Ao mesmo tempo, o gerenciamento de facilities deve garantir não somente a viabilidade operacional. É importante também buscar a saúde, a segurança e a satisfação dos usuários. As pessoas estão cada vez mais preocupadas com saúde e higiene, de modo que manter os ambientes e instalações limpos e seguros se torna uma prioridade.

Gostou das dicas? Então aproveite para assinar nossa newsletter para receber nossos conteúdos na sua caixa de entrada sempre que tivermos novidades por aqui!

pt_BRPortuguês do Brasil
en_USEnglish pt_PTPortuguês pt_BRPortuguês do Brasil