5 pilares para uma Gestão de Manutenção e Ativos mais eficaz

5 pilares para uma Gestão de Manutenção e Ativos mais eficaz

Conheça 5 tarefas imprescindíveis para otimizar a Gestão de Manutenção e Ativos da sua organização e obter melhores resultados.
Para manter uma boa estratégia de Gestão de Ativos, é preciso focar na redução de custos e aumento da produtividade. Para isso, manter um controle do inventário, um histórico de manutenções, calibrações e análises periódicas de desempenho e custos, são tarefas imprescindíveis. Todas elas podem ser organizadas em 5 pilares que garantem uma Gestão de Manutenção e Ativos mais eficaz. Conheça cada um deles:
1 – Classificação dos ativos
A estrutura de classificação dos ativos deve ser baseada em propriedades e atributos de cada máquina ou equipamento, de acordo com sua importância para cada organização. Essa avaliação determina o grau de criticidade dos ativos em relação ao processo produtivo e contribui para a escolha de uma política de manutenção adequada e de gestão muito mais simples.
2 – Centralização de dados
Centralizar todas as informações dos ativos em um só lugar evita, por exemplo, a desorganização ou perda de informações importantes  espalhadas em diversas planilhas e documentos. Por meio de um sistema de Gestão de Ativos como o MANUSIS 4.0, é possível acessar rapidamente todos os dados em uma única plataforma, reduzindo retrabalhos e aumentando a eficiência de gestão.
3 – Indicadores de desempenho
Para resultados mais assertivos, é importante que se defina quais indicadores de desempenho (KPIs) realmente agregam valor ao plano de ação de cada negócio.  Deve-se garantir que os indicadores meçam, portanto, a efetividade na aplicação dos processos de manutenção com o intuito de aumentar o desempenho da organização, oferecendo melhores resultados.
4 – Plano de Manutenção
O principal objetivo do planejamento da manutenção de ativos é, sem dúvidas, estabelecer e manter condições favoráveis a fim de otimizar o processo produtivo e seus equipamentos, do começo ao fim, devendo ser eficiente e eficaz também nos custos. Em uma cadeia de produção, o planejamento da manutenção de ativos é uma atividade de melhoria constante do sistema de manutenção, que visa aumentar a disponibilidade dos ativos e certificar que estes não serão responsáveis por parar o processo produtivo inesperadamente. Por isso, seguir um passo a passo minucioso para elaborar o planejamento é a melhor forma de visualizar as condições atuais do processo, definir as ações necessárias e os requisitos para sua realização e monitorar resultados.
5 – Calibração
A calibração mantém o nível de desempenho das máquinas e equipamentos, além de auxiliar nos requisitos de qualidade, garantindo a disponibilidade dos ativos. Isso significa programar, documentar, planejar, analisar e executar calibrações em seus medidores, equipamentos de teste, dispositivos e padrões de medição para que todo o processo produtivo esteja em equilíbrio.
Conheça o MANUSIS 4.0, sistema especialista em Gestão de Manutenção e Ativos da WERT SOLUTIONS e descubra como otimizar o desempenho dos ativos de sua organização.

pt_PTPortuguês
pt_BRPortuguês do Brasil pt_PTPortuguês