21 nov 2017

Brasil é líder mundial na adoção de IoT, diz estudo

Cada vez mais, a internet das coisas é amplamente aplicada nas diversas áreas desde eletrodomésticos até a indústria. O conceito de IoT (Internet of Things), que é a capacidade de conectar objetos na rede global de computadores para coletar e trocar dados entre eles, introduz uma nova era de como as pessoas interagem com objetos, entre elas e como fazem negócios. E os brasileiros são os mais abertos na adoção de novas tecnologias de acordo com uma nova pesquisa da Worldpay. O estudo aponta que os brasileiros acreditam que a tecnologia é parte da evolução de como as empresas e o público se relacionam. Além disso, 81% dos pesquisados afirmaram que se sentiriam confortáveis em usar a tecnologia em comparação com outros países abordados como Austrália, China, Alemanha, Holanda, Cingapura, Espanha, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos. Os consumidores chineses estão logo atrás, na segunda posição entre os mais receptivos à adoção da Internet das Coisas, com 61% dizendo se sentirem confortáveis na utilização de dispositivos conectados. No outro extremo da pesquisa, apesar do Reino Unido ser um dos países mais preparados do mundo para a aplicação do IoT, ocupa a última posição da lista, pois somente 23% das pessoas gostariam de contar com um dispositivo conectado para fazer pedidos de produtos em nome deles sem necessidade de pedir permissão. Apesar dos brasileiros serem mais propensos à adoção dos dispositivos conectados, a privacidade dos dados pessoais é uma preocupação para 74% dos pesquisados que se interessam em saber como as empresas compartilham seus dados pessoais e um índice ainda maior (82%) se preocupa com o risco desses aparelhos serem invadidos por hackers. A pesquisa foi conduzida por Opinium em junho de 2017 e entrevistou 20 mil consumidores sobre a Internet de Coisas na Austrália, Brasil, China, Alemanha, Holanda, Cingapura, Espanha, Suécia, Estados Unidos da América e Reino Unido. No Brasil, o estudo entrevistou 2.014 consumidores. Leia também no blog da WERT Solutions: gastos mundiais com IoT podem chegar a 800 milhões em 2017.
Copyright © 2016. Manusis 4.0. Todos os direitos reservados. Agência Cupola.